EGL 03 de junho: o primeiro no Espaço Garota Livre

Heyyy gente bonita!!

Nosso Encontro Garota Livre (EGL) do último sábado (03/06/17) foi fofíssimo… Sabe aquela coisa que dá vontade de apertar e não soltar? Tipo a Felícia do desenho com o gato? Pra começo de conversa, uma das garotas livres chegou ao Espaço e falou: “Quero morar aqui”!!! Pronto… essa frase já me derreteu inteira, era exatamente isso que eu e o Papai queríamos, um lugar que as garotas se sentissem abraçadas.

Vejam algumas fotos ao longo desse post feitas pelo craque @dom_aguiar   🙂

Pois então, pelo que eu pude perceber, foi exatamente assim. As meninas pareciam estar se sentindo bem à vontade, mesmo que a Palavra daquela tarde tenha sido um tanto quanto dura.

O Papai, através da minha vida, ministrou às meninas que, quando somos crianças, desenhamos nossa família perfeita, mas que talvez agora, nós como adultas, olhamos e não vemos mais nossa família com os mesmo olhos.

A Palavra que eu transmitia naquela tarde mostrava que as pessoas passam por tantas coisas na família e precisam lidar com elas! Pensa comigo: talvez seu pai traiu sua mãe, talvez seu irmão em rebeldia saiu de casa, sua irmã engravidou antes da hora, sua mãe não é tão legal assim, talvez seu marido te agrida, seus filhos não te respeitam. Enfim, talvez você olhe pro desenho da sua família e mostre pra Deus com raiva: “o que é isso? por que é assim?”

E Deus tratou comigo e com aquelas meninas que estavam ali, rasgou esses antigos desenhos de amargura e deu novas folhas em branco para que cada uma pudesse RECOMEÇAR!! Foi lindo, pelo menos foi o que senti.

Mas, afinal, qual Palavra ríspida foi essa? rsrsrsrsrsrs  Ela veio de Mateus 26:36-54, falando da Oliveira, porque Getsemani que se refere nesta palavra se situa no Monte das Oliveiras, e fizemos uma conexão com a folhinha de Oliveira que a ave trás no bico para os que estavam a salvos, porém presos na Arca durante o tempo de dilúvio, cercados por água. Acredito eu, que o pessoal lá da arca tinha uma sensação de gratidão e ao mesmo tempo cansaço físico e emocional por estar tanto tempo confinado em um mesmo lugar. Eu senti isso num Cruzeiro uma vez, e contei pras meninas no Encontro.

Pois então, quando chega essa folha de Oliveira, que simboliza que está descendo a água, está vindo terra seca por ai, eles, na Arca, sentem muita esperança, esperança de um novo tempo. Essa folha antecede o marco de uma nova história. ESPERANÇA.

Foi aí que eu tive ideia de distribuir pras meninas esse saquinho com algumas folhas de Oliveira 🙂

Na Palavra que lemos, Jesus, antes da sua crucificação, entristecido, vai orar no Monte das Oliveiras. Pra quem não sabe, Getsemani significa prensa do azeite, ou seja, prensa do fruto da árvore da esperança, e azeite biblicamente falando significa unção, cura, libertação. E Jesus, em conflito, em conversa com o Deus Pai, falava: Pai, se possível for que eu não seja prensado, esmagado, então me tira desta situação, mas se essa for a única forma de o mundo receber cura, eis me aqui! E Ele ora isso 3 vezes, claramente Jesus esta em conflito entre, sair desta (se manifestar), ou ficar como cordeiro calado, rumo ao matadouro (se silenciar).

E quando Ele vai falar com seus amigos que ele escolheu para vigiar com ele, eles estão dormindo. Então, Ele dá uma puxada de orelha, e fala hey… eu to ali, sendo esmagado, pra gerar cura… e vocês, não podem ficar de pé nem uma hora?  É como se ele tivesse dito: “Olá geração que dorme, eu sofri, soei sangue, pra gerar cura, libertação, pra esse povo, e vocês ficam aí parados? Quem vai se manifestar? Quem há de ir por mim? Tem gente precisando, é hora de falar! Não deixa o bonde passar”.

Mas lá no fim, quando vem uma cambada prender Jesus, um dos que estavam com Ele tira a espada e corta a orelha de um dos traidores, e Jesus novamente dá uma sacudida, falando: Hey… fica quieto, guarda essa espada, você não acha que Eu, Jesus, poderia orar a meu Pai e viria um batalhão de anjos pra acabar com essa palhaçada e me tirar dessa? mas como se cumpririam os planos de Deus ?

Ou seja, é como se agora ele estivesse falando, Genteeeeee fiquem quietos, agora é hora de ouvir o que Deus tem pra falar, não e´hora de ficar dando show! Psiu!

Moral da história: tem hora de se manifestar e hora de ficar caladinho pra ouvir os planos de Deus!

E aí? Como sabemos diferenciar essas “horas”? Quando aprendemos a repousar na esperança! Esperar em Deus!

E assim foi o nosso Encontro Garota Livre (EGL) do último sábado! Oramos, cantamos, depois ficamos um bom tempo batendo papo, tomando chá, comendo pão de mel alemão (ó que chic) e trocando aquela energia gostosa de quem quer ser melhor, sair do comodismo!


Ah, mais uma coisa que eu queria compartilhar com vocês… é que no dia seguinte, domingo, eu fui ao culto… e… gente!!! Eu respeito todo tipo de manifestação espiritual, de verdade, mas como eu falei, tem momento pra tudo… e meooo, respeita quando alguém está falando! Você pode estar sentindo a presença de Deus super forte, mas na moral dá pra controlar pelo menos durante o tempo que é o de ouvir o que Deus tem pra falar!

Ufa!  Acho que é isso!

Se você conseguiu ler esse texto enorme até o fim, obrigada! Kkkk

Te espero nos próximos encontros!

Você tem alguma pergunta pra me fazer sobre os Encontros Garota Livre?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *