Cactos e suas mensagens (na decoração ou não)

Hey gente!

Não sei você, mas de vez em quando eu gosto de dar uma renovada no visual da casa.
Curto dar aquela repaginada na decor, nem que seja num ambiente-zinho só, sabe?

Quando eu era criança, lembro que minha avó (que Deus a tenha) tinha um corredor cheioooo de plantas… e eu amava!
Porém, um belo dia, brincando com uma geralzinha do bairro, lá ia eu feliz correndo quando… dei de cara com um cacto enorme que minha avó cuidava com tanto carinho. Imagina a situação, gente!

Vou continuar contando pra vocês esse “causo” e enquanto isso vai vendo umas fotos que separei de cactos por aí… rs


Mas rapaz (como diz um amigo meu de João Pessoa)…  Eu fiquei com espinho desde a testa até o dedo do pé… e minha amada vovó foi retirando um a um com pinça…

Gente… pensa num ranço que guarrei dessa planta… aff!



Não queria ver cacto nem de ouro na minha frente!

Até que, como o mundo dá voltas, fiz uma viagem com meu pai e ele me levou onde ele morava quando criança, no desertão da Bahia (uma outra história pra contar, é emocionante).
Mas ele me apresentou quem? O Cacto, só que me contando quantas vezes parte daquela planta foi a única fonte de água para sua família.

Meu, o cacto sobrevive em terras secas porque consegue reter água por muito tempo dentro de si.


E sabe que isso me fez pensar em Deus…que Ele é como o som de muitas águas.

E se nós, mesmo nos desertos da vida… se conseguirmos ter a capacidade de reter essa água… sobreviveremos.
E ainda daremos água a quem tem sede.

Lindoooo gente!

Pronto… minha ótica sobre o cacto mudou!

Foi-se os espinhos e ficou sua simbologia… seu interior…

Por isso hoje trouxe várias ideias de como você usar cactos para decorar seu lar doce lar, e lembrar sempre dessa história.

Quando estiver no deserto pense: a água está dentro de mim!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *