Look jaqueta de academia

Eiiiii geeennnteeee!!!

Pensa numa paixão alucinante por uma roupitcha!? Pensou? Então você conseguiu captar o que sinto por essa jaqueta esportiva que vai desfilar na passarela do Garota Livre!!

E vamos aos detalhes desse look modernoso, despojado, divertido e maravilindo 🙂

 

 

Então, people, sabe aquela história de que jaqueta de academia só serve pra fazer exercícios, malhar, suar? Xiiii para com isso! Já era!

É só jogar uns acessórios que fica um look super cool…

 

 

Pra montar esse look, vesti minha peça de referência que foi, claro, a jaqueta da Adidas para a Farm que tem esse clima totalmente brasileiro… essas cores fortes, essa arara.. ai gente, eu AMO!

Primeiro que essa cor “azulão” me laçou de cara! Segundo que pensei: esse tecido de roupa fitness é uma mão na roda porque você pode embolar, colocar na bolsa, tirar, vestir meio amassado mesmo… e azar!! Super prático praqueles dias que esquentam, esfriam, tudo ao mesmo tempo.

E essa ararona, gente?? Arara… ave… asas abertas… liberdade… livre… Garota Livre!!! <3

 

 

Pra lacrar o conjunto que tem como foco a jaqueta, taquei-lhe um colar pesadão prata, uma pantacourt  de um tecido mais chiquezinho da Intimissimi, e uma bota velhinha toda metal, da Schutz, que eu não largooooooo…

Aí foi só achar umas paredes coloridas pra realçar tudo isso nas fotos rsrsrsrsrs

 

 

E cá entre nós: a “modelo” se esforçou bastante dessa vez nas poses, hein? rsrsrsrs E o fotógrafo @misterlongo arrasou nesse ensaio em São Paulo, né não? kkkk   Logo eu que não gostava (e ainda sou meio resistente) de tirar fotos… amei o resultado <3

 


Agora eu quero saber, meu povo e minha pova: tá convencidx de que jaqueta de academia é tuuudddoooo de bom pra sair com os amigos, de preferência num evento ou num lugar mais descolado?

Diga aí o que você acha… bjsss

 

Livro de Cabeceira: Ética para viver melhor

Oi gente!!!

Hoje eu quero falar do mais novo queridinho que vai habitar minha cabeceira a partir de hoje.

É esse lindão aí!!

 

 

“Ética para Viver Melhor: diferentes atitudes para agir corretamente”, da editora Pórtico.

C.S Lewis, na minha opinião, foi “o cara” na geração dele… e ele prorroga sua reputação até hoje!

Ele navega entre a relação com Deus e a filosofia… democracia… etc!

 

 

Já li outros livros dele, e eis que é lançado este!

E lógico que fui atrás de comprar o meu!

 

 

Vamos ver no que dá!

Lógico que  só pode vir coisa boa! Ebaaaaaaa!!!

E você, tem algum livro aí na sua cabeceira, agora?

 

Look “Vibe Boa” (Festival da Gentileza)

Genteeeeee… como é que tá a animação pra sair de casa nesse finde?

Olha, eu fico com uma preguiça de sair, mas toda vez que saio, acabo fazendo alguma coisa tão legal que me dá a maior vontade de contar pra vocês!

No fim de semana passado, por exemplo, fui ao Festival da Gentileza, aqui em BH.

Eu e minha mãe tiramos algumas fotos, olha que astral de paz… tudo de bom <3


 

Eu, que sou paulista, tenho descoberto tanta coisa legal nessas minhas pesquisadas sobre a cidade em que moro (Belo Horizonte-MG), que a cada dia me sinto mais apaixonada pelas coisas que rolam aqui, pelas pessoas, pela cidade como um todo, mesmo.

 

 

E imagina se eu não AMEI um festival pra celebrar as boas atitudes? as gentilezas que temos no dia a dia para com as outras pessoas?

Sem dúvida foi um espaço e um momento repleto de amor… super do bem…



A galera que passou por lá tinha aquela vibe boa, sabe?

E tinha muita cultura, espaço para os artistas demonstrarem seu trabalho… um trabalho que traz reflexão.

Tinha até abraço rolando solto … rsrsrs

 

 

E sorvete de graça… vê se pode?!  Simplesmente amei…

E se você gosta de saber sobre looks… vamos lá!

Eu escolhi esse body mara da Cia Marítima que é meio Cleópatra. E coloquei com essa calça babadeira da FarmRio que deu um ar de muita vibe boa rsrsrsrsrsrs

 

E pra continuar na mesma linha… look vibe boa… calcei essa alpargata da feirinha top daqui de BH, a da Av. Afonso Pena famosézzziiimmmaaa, com as cores da composição! E taquei meus óculos favoritos do momento, um modelo da Versace!

 

 

E minha mochila branca tava grudada em mim, aliás, desde que chegou por aqui vinda dos Estates não sai de mim!! rsrsrsrsrs

 

Espero que você tenha gostado do look 🙂

E se gostou do Festival da Gentileza, dá uma olhada aqui nessas fotos que o pessoal do Movimento Verbo Gentileza postou no Facebook. Sente só a energia, o clima de puro amor!

Seria bem legal se existissem vários eventos assim em todas as cidades brasileiras, né?

vivenciando as estações

Oi gente!!!

Sabe quando tudo vem junto, um monte de problemas, de coisas mexendo com a gente, querendo nos derrubar?

Todo mundo passa por isso, e é nessas horas que a gente precisa aumentar nossa fé, por mais que muitas vezes a gente esteja fraquinho… fraquinho…

Veja o vídeo e reflita: como estão suas raízes? profundas ou superficiais?

 

Por onde andei: Exposição “O Corpo é a Casa” (BH)

Eiiii genteee!!!!

Eu sei… tem muita gente que não gosta de ir a uma exposição ficar olhando para quadros, objetos e esculturas.

Eu não sou assim… eu adoro arte, seja de que tipo for!

E se eu te falar que fui a uma exposição em que nós, os visitantes, podemos interagir com as obras, criando a arte? Legal, né?


Tô falando da exposição “O Corpo é a Casa”, do artista austríaco Erwin Wurm, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB (de Belo Horizonte) até o dia 18 de setembro.

Essa exposição já foi vista por 250 mil pessoas em São Paulo e Brasília.

Depois de Belo Horizonte, ela vai para o Rio de Janeiro. Alô Alô pessoal do Rio!!!!

 

 

Na exposição “O Corpo é a Casa”, você vai ver vários objetos do nosso dia a dia, como carro, roupa, coisas que a gente usa em casa, comida…

…tudo transformado em arte de um jeito inesperado, engraçado e também fazendo uma crítica ao jeito que o ser humano vive.

E o visitante é convidado a seguir algumas instruções para “posar” como obra de arte.

 

 

Olha só, eu adorei essa explicação que li sobre a exposição: “Para o artista, a casa é parte do nosso corpo: ela é uma espécie de pele que nos protege, assim como o carro ou a roupa.”

Essa exposição também discute o corpo humano, tanto na parte do físico, mas também psicológica. É como se os objetos falassem um pouco de nós, entende?

 

 

Bom, se você não entendeu, confesso que nem eu entendi direito kkkkk mas adorei!!!

Fora que eu bato carteira no CCBB-BH, um espaço onde rola teatro, música e exposições variadas de tempos em tempos.

Então fica a dica pra você que é de BH e do RJ.

E se tiver alguma dica bacana, pode compartilhar comigo… vou adorar!!

Bjsss

Dia do Tatuador

Ei gente, queria dar os parabéns aos tatuadores nessa data que comemora o dia deles. Mas… mais do que isso… eu queria comentar umas cozitas sobre esse lance de ter tatuagem.

No meio cristão tem um bafafá sobre tatuagens… mas o que eu sei é que eu sou apaixonada nas minhas por cada significado, por cada momento que elas representam… 💖

Fico emocionada só de pensar que sou uma tela para os artistas não simplesmente expressarem sua arte, mas nossa arte, em sintonia! 😍

E você, tem tatuagem?

 

 

Look “Manga forminha de brigadeiro” (segundo meu amigo)

Heyyy gente!

Eu chamaria esse look de bolinha de neve, com cabelo cacatua!

Mas de tanto meu amigo falar que a manga dessa bata linda da minha amada Maria Filó parecia uma forminha de brigadeiro, resolvi nomear o look assim!

Vamos em frente, quero te mostrar tim tim por tim tim desse look…

 

 

Eu escolhi esse coletinho, fofíssimo com ar da riqueza da loja Fab aqui de BH (ótimo lugar pra comprar… bom e preço legalzinho).

E pra deixar mais chique coloquei essa bata que nem preciso comentar né?!

 

 

Mas, pra eu não virar literalmente uma bola de neve, quebrei o brancão com essa pantacourt de veludinho molhado preta da Intimissimi  – essa marca mara de lingerie faz roupas para o dia a dia, e são uma belezinha de confortável, não tiro a minha, vocês vão perceber por aí nas redes sociais.

 

 

E por fim, olha essa sandália, super invernal, que além de linda, tem um nome maravilhoso:

Isabelli, da Arezzo!

 

fotos @moisessilvalima

Look aprovado ou não, meninas?

O que é ser uma Garota Livre? por Débora Luz

O que é ser uma GAROTA LIVRE pra você?

Para cada pessoa pode ter um significado, né? Eu tenho minha própria opinião que vou compartilhar nos próximos dias com você.

Mas, antes disso, eu quero mostrar o que a influenciadora digital, linda e querida, Débora Luz, comentou a respeito disso.

Olha que legal…

 

Agora me diz… e pra você, o que é ser uma Garota Livre?

Meus “achadinhos” na Professional Fair

Hey people…

Como vocês viram no Facebook e no Instagram do Garota Livre, eu fui ontem a uma feira de beleza, a 14ª Internacional Professional Fair – Feira Profissional de Beleza.
Esse evento voltado a profissionais que atuam nesse ramo foi realizado aqui em Belo Horizonte na Expominas, um espaço gigante, então imagina o tamanho da feira, deu pra cansar viu rsrsrs     Mas gente… pirei…
Tanta novidade… tanta coisa legal, de todos os preços possíveis…
Marcas conhecidas e marcas que eu nunca tinha escutado falar. Uma loucura!

 

 

Claro, também tinha muita coisa nada a ver comigo, uma pena porque venho procurando uns produtinhos aí pro meu cabelo e não encontrei lá, nem pra minha pele.

Mas encontrei uns achadinhos e até ganhei uns pouquíssimos sachês de demonstração. E comprei um bucadinho de coisas que disseram que lá, na feira, estava mais barato. Sei lá né!!
Enfim, vou mostrar pra vocês o que estou mais louca pra usar… lógico que tô louca pra usar tudo…

 

 

Tem corretivo da Koloss que dizem que é um dos melhores e baratinho, tem fixador de maquiagem da Catharine Hill que não foi tão barato assim, massssss dizem que é top também… e tem o pó HD da Dailus que dizem que é ótimo pra tirar oleosidade… e muito mais, falaria de tudo, mas selecionei alguns que achei bem diferentões! Vamos lá…

 

 

VELOX

Pra mim, que tenho a pretensão de parar de tirar a cutícula, disseram que é o “the best”: você passa o trem, espera 3 minutinhos, vem com a espátula empurrando a cutícula, passa algodão com água e pronto, unha feita. Muitooo amor, se der certo!

 

 

ROCKIN’WAVES

Gente, prometeram tanta, mas tanta coisa com esse creme pra cabelo, que eu quase comprei 10 dele kkkk mas comprei só 1 rs são tantas coisas que dá até preguiça de falar kkkk, mas ele tipo ativa e define os cachos, potencializa e protege da prancha, prolonga coloração, protege da piscina, mar, sol, não tem sal, parabeno, sulfatos, meooo ele é o que há, se for tudo isso mesmo. Amei!

 

 

KIT DE LIMPEZA DE PELE DA BEL COL

Comprei uma versão para estudantes na área, ele vem com leite de limpeza, gel esfoliante, creme emoliente, loção adstringente, gel calmante e máscara hidratante. Eles me indicaram fazer a cada 10, 15 dias, achei ótimo, e o preço foi legalzinho, e algo profissa que dá pra fazer em casa, só não vou fazer a parte de espremer os cravinhos.

 

 

KIT GARDEN FLOWERS

Genteeeeeeee eu demorei um século pra achar um kit pro meu cabelo, porque sou móóó chatinha com isso, porque não gosto de nada com muita composição química, rsrsr  gosto de coisas mais natureba, e aí, depois de um tempão, achei essa linha dessa marca, que é uma linha com café verde, quinoa… essa coisas. Gostei. Eu já tenho meu shampoo preferido, mas vou me arriscar com esse kit aqui.

 

 

É isso… gostaram?

Por onde andei: Japan House (SP)

Heyyyy gente…

Tô aqui hoje pra falar de um lugar super cool que amei conhecer em São Paulo!

É a Japan House, o novo ponto cultural bombástico por lá…  Vocês já ouviram falar?

É tipo uma galeria de arte… com várias informações e referências sobre o Japão, ou seja, é uma “casa” pra falar da cultura japonesa, por isso o nome Japan House  😊  Olha só que lugar lindo!


As esculturas de bambu mostram toda a habilidade e delicadeza dos japoneses pra fazer essas peças.

E olha essas texturas… não aguentei e tive que tocar a parede rsrsrsrs

 

 

A Japan House foi criada pelo governo japonês em algumas cidades. Além de SP, tem também em Londres e em algum lugar lá nos States.


 

Pensa num espaço super moderninho onde tem um restaurante japonês, uma biblioteca, cafeteria, lugar pra palestras, lojinha, e uma área pra receber exposições. Claro, tudo numa pegada japa!

Abaixo, eu lendo um livro em japonês #sqn  rsrsrsrs

 

 

E aqui você vê uma “lojinha” onde são vendidos uns lenços maravilhosos, só que achei caro sniffff…

 

 

E sabe por que na próxima foto tô parada olhando essas coisa tudo? rs

Porque tá cheio de coisa muito louca do Japão, tem até uma sopa que vem pronta, mas ela é uma bolinha seca.

 

 

É essa aí, ó!!

Você coloca a bolinha ou trouxinha, sei lá, na água quente e… tchã-rãããã!!! A bolinha vira uma belíssima refeição cheia de legumes e outras coisas  rsrsrsrs     Olha as fotos…

 

 

Legal, né?

Agora olha só a parte de fora da Japan House. Quando você chega e está na Avenida Paulista procurando o endereço, já vê umas madeiras na fachada. É lá!

Mas eu não sei se os bambus que estavam na Japan House quando fui, ficam lá sempre… e você vai entender porque tô falando isso…

 

 

Olha só, até no jardim do lado de fora tem uma escultura linda de bambu. Será que fica sempre lá? Tô com essa dúvida porque…

 

 

… tô com essa dúvida porque quando a gente foi visitar a Japan House, tava rolando uma exposição sobre bambu. Então será que esses bambus todos ficam sempre lá? Acho que não, né?

Olha eu e minha mãe abraçadas aí na maior felicidade de conhecer mais uma coisa legal nesse passeio em São Paulo  😊   E  fomos justamente quando tinha a tal exposição sobre B-A-M-B-U que é uma planta com um SUPER SIGNIFICADO PRA MIM!

 

 

Vou fazer um post sobre o que representa o BAMBU pra mim… guenta aí!

Mas já adianto que foi o meu PAI que um dia falou que eu era o bambu da família… rs… foi lindo, rolou uma homenagem com uns choros e tal!!

 

 

Mas  agora vamos falar apenas da Japan House!

Essa é a vista de quem tá lá dentro e olha a Avenida Paulista…

 

 

O fato é que a Japan House é sim um lugar legalzinho, e uma novidade, um pointzinho… mas não achei “nossaaaaaaa que coisa de outro universo”… não!

Tem outros lugares que achei mais bacanas, no meu ponto de vista. Mas vale muito ir lá, viu?

Ficou com vontade de conhecer?

1 2 3 4 5 6 13