Posts Tagged ‘encontrogarotalivre’

Encontro Garota Livre (EGL) – 07-09-17

Hey gente bonitona…

Tivemos EGL nesse feriadão da Pátria, em pleno dia 07 de setembro 🙂
E foi um Encontro lindo de se ver… bem íntimo e profundo!


 

Nesse Encontro, falamos sobre Automanipulação x Genuinidade e a diferença entre Sincero e Sincericídio.

Falamos sobre como o mundo perdeu a Genuinidade… pois vestimos uma máscara todos os dias, com características que no fundo não são reais e, sim, ideais.

Fizemos uma dinâmica bem bacanuda para tentarmos observar quais são nossas características genuínas e quais são as que vestimos para enfrentar esse mundão.

Ficamos chocadas ao perceber o tanto de mentiras que contamos para nós mesmas!!

 

 

No final, a lembrancinha foi uma base de unha transparente… e sabe por quê?

Porque o Garota Livre quer deixar a lembrança de que a base da nossa vida tem que ser transparente, verdadeira, genuína.

E… claro… depois ficamos um tempão ali batendo aquele papo bom.

E mais tarde, eu e algumas meninas fomos a um circo que está tendo aqui em BH.

 

 

Já ia esquecendo de falar que… lógico!! … tivemos aqueles belisquinhos pra gente comer durante todo o nosso tempo juntas!

Foi um dia muito gostoso e marcante!

Espero você no próximo Encontro…  fique ligada nas redes sociais do Garota Livre pra saber quando será a data, tá bom?

Bjssss

Encontro Garota Livre (EGL) 02/09/2017

Heyyy Galera… sente só quanto amooorrrr acumulado nessa foto aqui embaixo!
Deixa eu contar onde tiramos essa foto… foi no último sábado, quando tivemos EGL (Encontro Garota Livre) no Espaço Garota Livre, no bairro Cidade Nova, em BH.
E já quero pedir desculpas por…



…. por não ter avisado (na web) sobre esse encontro…
É que não estava previsto na nossa agenda. Mas, por alguns motivos sobrenaturais (sim, Deus foi maravilhoso), acabei criando esse EGL meio às pressas.

Mas enfim, genteeeee esse Encontro foi um dos momentos mais especiais que vivi!! Todos os encontros são muito gostosos, mas este em si teve um quê de especial pra mim!
Explicar é quase impossível, só quem vai ao Encontro sabe do que estou falando!
Por isso eu quero muito que você participe um dia, caso não tenha participado <3
Acompanha esse post aqui comigo pra perceber mais…


As meninas e eu conversamos muito sobre a importância de PENSAR (raciocinar). E para fazermos isso com mais propriedade, precisamos aprender a viver o momento presente.
E precisamos de coragem para fazer isso hoje em dia, num mundo onde a maioria só segue a multidão.

 

Foi pensando nisso que foi feita uma lembrancinha para esse Encontro, que foi uma pulseirinha onde está escrito coragem!
E com o símbolo da espada de dois gumes, que Hebreus 4:12 nos fala, que é Deus quem nos dá o poder de discernir, ou seja, nos dá a capacidade de raciocínio.

 


Sabemos que na teoria é fácil, e viver isso é mais difícil, mas temos que tentar, né não ?!

O momento das músicas, da “palestra”, tudo isso foi muito legal! Mas, o momento depois, que é o momento que ficamos lá de bate-papo, foi simplesmente incrível pra mim!
Ver todas nós em comunhão, dialogando, comendo aqueles bolinhos deliciosos, tomando um cafezinho, um chá, foi lindo de se ver e viver.

(video por Stefany Natal)

Olha, e eu vou contar mais uma coisa pra vocês…
São as mensagens que recebo no “whats” de algumas meninas que participaram do EGL, contando o quanto foi relevante aquele Encontro para elas, que nos dão forças pra querer continuar, apesar das tempestades que enfrentamos.

Espero você no nosso próximo Encontrinho <3

Bjssss

EGL 03 de junho: o primeiro no Espaço Garota Livre

Heyyy gente bonita!!

Nosso Encontro Garota Livre (EGL) do último sábado (03/06/17) foi fofíssimo… Sabe aquela coisa que dá vontade de apertar e não soltar? Tipo a Felícia do desenho com o gato? Pra começo de conversa, uma das garotas livres chegou ao Espaço e falou: “Quero morar aqui”!!! Pronto… essa frase já me derreteu inteira, era exatamente isso que eu e o Papai queríamos, um lugar que as garotas se sentissem abraçadas.

Vejam algumas fotos ao longo desse post feitas pelo craque @dom_aguiar   🙂

Pois então, pelo que eu pude perceber, foi exatamente assim. As meninas pareciam estar se sentindo bem à vontade, mesmo que a Palavra daquela tarde tenha sido um tanto quanto dura.

O Papai, através da minha vida, ministrou às meninas que, quando somos crianças, desenhamos nossa família perfeita, mas que talvez agora, nós como adultas, olhamos e não vemos mais nossa família com os mesmo olhos.

A Palavra que eu transmitia naquela tarde mostrava que as pessoas passam por tantas coisas na família e precisam lidar com elas! Pensa comigo: talvez seu pai traiu sua mãe, talvez seu irmão em rebeldia saiu de casa, sua irmã engravidou antes da hora, sua mãe não é tão legal assim, talvez seu marido te agrida, seus filhos não te respeitam. Enfim, talvez você olhe pro desenho da sua família e mostre pra Deus com raiva: “o que é isso? por que é assim?”

E Deus tratou comigo e com aquelas meninas que estavam ali, rasgou esses antigos desenhos de amargura e deu novas folhas em branco para que cada uma pudesse RECOMEÇAR!! Foi lindo, pelo menos foi o que senti.

Mas, afinal, qual Palavra ríspida foi essa? rsrsrsrsrsrs  Ela veio de Mateus 26:36-54, falando da Oliveira, porque Getsemani que se refere nesta palavra se situa no Monte das Oliveiras, e fizemos uma conexão com a folhinha de Oliveira que a ave trás no bico para os que estavam a salvos, porém presos na Arca durante o tempo de dilúvio, cercados por água. Acredito eu, que o pessoal lá da arca tinha uma sensação de gratidão e ao mesmo tempo cansaço físico e emocional por estar tanto tempo confinado em um mesmo lugar. Eu senti isso num Cruzeiro uma vez, e contei pras meninas no Encontro.

Pois então, quando chega essa folha de Oliveira, que simboliza que está descendo a água, está vindo terra seca por ai, eles, na Arca, sentem muita esperança, esperança de um novo tempo. Essa folha antecede o marco de uma nova história. ESPERANÇA.

Foi aí que eu tive ideia de distribuir pras meninas esse saquinho com algumas folhas de Oliveira 🙂

Na Palavra que lemos, Jesus, antes da sua crucificação, entristecido, vai orar no Monte das Oliveiras. Pra quem não sabe, Getsemani significa prensa do azeite, ou seja, prensa do fruto da árvore da esperança, e azeite biblicamente falando significa unção, cura, libertação. E Jesus, em conflito, em conversa com o Deus Pai, falava: Pai, se possível for que eu não seja prensado, esmagado, então me tira desta situação, mas se essa for a única forma de o mundo receber cura, eis me aqui! E Ele ora isso 3 vezes, claramente Jesus esta em conflito entre, sair desta (se manifestar), ou ficar como cordeiro calado, rumo ao matadouro (se silenciar).

E quando Ele vai falar com seus amigos que ele escolheu para vigiar com ele, eles estão dormindo. Então, Ele dá uma puxada de orelha, e fala hey… eu to ali, sendo esmagado, pra gerar cura… e vocês, não podem ficar de pé nem uma hora?  É como se ele tivesse dito: “Olá geração que dorme, eu sofri, soei sangue, pra gerar cura, libertação, pra esse povo, e vocês ficam aí parados? Quem vai se manifestar? Quem há de ir por mim? Tem gente precisando, é hora de falar! Não deixa o bonde passar”.

Mas lá no fim, quando vem uma cambada prender Jesus, um dos que estavam com Ele tira a espada e corta a orelha de um dos traidores, e Jesus novamente dá uma sacudida, falando: Hey… fica quieto, guarda essa espada, você não acha que Eu, Jesus, poderia orar a meu Pai e viria um batalhão de anjos pra acabar com essa palhaçada e me tirar dessa? mas como se cumpririam os planos de Deus ?

Ou seja, é como se agora ele estivesse falando, Genteeeeee fiquem quietos, agora é hora de ouvir o que Deus tem pra falar, não e´hora de ficar dando show! Psiu!

Moral da história: tem hora de se manifestar e hora de ficar caladinho pra ouvir os planos de Deus!

E aí? Como sabemos diferenciar essas “horas”? Quando aprendemos a repousar na esperança! Esperar em Deus!

E assim foi o nosso Encontro Garota Livre (EGL) do último sábado! Oramos, cantamos, depois ficamos um bom tempo batendo papo, tomando chá, comendo pão de mel alemão (ó que chic) e trocando aquela energia gostosa de quem quer ser melhor, sair do comodismo!


Ah, mais uma coisa que eu queria compartilhar com vocês… é que no dia seguinte, domingo, eu fui ao culto… e… gente!!! Eu respeito todo tipo de manifestação espiritual, de verdade, mas como eu falei, tem momento pra tudo… e meooo, respeita quando alguém está falando! Você pode estar sentindo a presença de Deus super forte, mas na moral dá pra controlar pelo menos durante o tempo que é o de ouvir o que Deus tem pra falar!

Ufa!  Acho que é isso!

Se você conseguiu ler esse texto enorme até o fim, obrigada! Kkkk

Te espero nos próximos encontros!

Você tem alguma pergunta pra me fazer sobre os Encontros Garota Livre?

Entre o funk e a pizza, uma missão

Esses dias atrás eu estive em um congresso de missões na Igreja Lagoinha Centro aqui em BH. E fiquei simplesmente in love! Acho que vocês perceberam pelo tanto que falei sobre isso no Insta rsrsrs

Primeiro quero dar uma pincelada bem por alto sobre o significado de missões no contexto cristão. Missões nada mais é do que saber qual é seu chamado. Em outras palavras, é saber o motivo pelo qual você nasceu e usar isso em favor do próximo. É usar seus talentos pelo bem do mundo… seja seu vizinho, ou seja alguém lá na China!

Eu já fui em uns trocentos congressos do tipo, mas gente, sabe quando a tampa encaixa na sua panela, foi essa a sensação que eu tive! Confesso que no primeiro dia eu fiquei meio desanimadinha com a palavra, achei meio batidinha, mas insisti e prossegui.

Genteeeeeeee

Primeiro, a Palavra do Pr. Joshua Adams, foi super ao encontro do que eu penso em relação a missões. Resumindo: que Deus venha e mude as situações; mas nós somos o céu na Terra, se não tirarmos nossa bunda (esse foi literalmente o termo que ele usou) da cadeira pra ir fazer a diferença, quem a fará? M-O-V-I-M-E-N-T-O, atitude! IR!

Depois dessa palavra fomos convidados a ir numa balada de funk levar o amor de Deus para aqueles que não sabem que são amados… e meu P-A-I! Que baita experiência! Eu, com mais uma tchurminha, ficamos ali na frente de uma mega fila de uma mega balada, num frio e eu tímida do jeito que sou , pensei o que estou fazendo aqui?

Mas gente, não é que eu olhava para aquelas meninas, e eu conseguia sentir o amor do Pai sobre elas, e eu não me continha e ia bater um papo com várias delas e por fim dar um abraço falando que aquele abraço representava o abraço do Pai, deixava claro o quanto são amadas, aceitas e aprovadas do jeito que são! Foi simplesmente lindo! Eu rompi, eu Fui em nome de Deus! Isso é missões, deu pra entender?

Mas aí chegou a última Palavra, no domingo.

Foi com o Pr. Ryan Adams, da Lagoinha Centro, um dos pastores mais criativos que conheço. Inclusive, durante sua palavra, ele fez uma pizza em cima do palco rsrsrsr

O que ele quis dizer com essa pizza, e o que eu senti, foi que Deus Pai é a massa, é a base. Jesus é o molho de tomate, que veio para espalhar o evangelho. O Espirito Santo é o queijo que dá a liga nisso tudo. E o mais fenomenal na visão desse cara é que os ingredientes que dão característica para essa pizza somos nós, e cada um é diferente do outro, um é a cebola, outro a calabresa, enfim, cada um com um talento, com uma personalidade, mas todos compõem a pizza! E essa pizza, não é pra nos alimentar, mas é para os outros. Saciar a fome dos outros!

Genial!!!

Gente, presta atenção: é muito legal estar num grupo de pessoas parecidas conosco, mas não nos acrescenta quase nada. Precisamos de diversidade, precisamos unir forças diferentes, precisamos reconhecer que sou muito boa em algo, mas tem “outro algo” em que alguém é melhor. E isso não tem problema, basta caminharmos juntos. Um mesmo foco, mas com opiniões diferentes.

Alimentar o próximo é o foco. Seja você e deixe o outro ser o outro. Respeite cada um no seu papel! Assim seremos uma bela e suculenta pizza!

E você, qual ingrediente você é?

A simbologia da decoração “pássaros e lírios”

HEYYYY GENTE!

Hoje eu queria contar algo pra vocês que é muito pessoal, mas precisa ser compartilhado. Eu percebi que tem gente curiosa pra saber o motivo de eu ter escolhido lírios e pássaros como tema da decoração do “chá” de lançamento do Espaço Garota Livre. Você deve ter visto fotos e vídeos nas nossas redes sociais, mas eu te mostro nesse post também. Pois então, tem 3 coisas que preciso dizer. Vamos lá…

 

1)A primeira coisa é que eu recebi uma Palavra da Bíblia quando eu estava buscando inspiração sobre como fazer o “chá”. Deus falou claramente ao meu coração, que as pessoas deveriam sair do lugar, diferentes do jeito que entraram. Deveriam sair mais esperançosas, nem que fosse pela simples, mas caprichada decoração. Portanto, a decoração teria que remeter à paz e ao cuidado de Deus sobre nós, e aí veio imediatamente o Capítulo 6 de Mateus do verso 25 ao verso 33, onde o Pai Celestial nos fala que se ele cuida dos pássaros e dos lírios, que dirá de nós, seus filhinhos amados!

Mateus 6

25 Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?26 Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?27 E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?28 E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;29 E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.30 Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?31 Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?32 (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;33 Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

É por isso que fui atrás de uma decor assim, que pudesse representar os lindos pássaros dos céus e os maravilhosos lírios dos campos. Vocês acham que eu consegui traduzir isso?

2)A segunda coisa que eu quero dizer é que usar pássaros na decoração tem tudo a ver com ser uma Garota Livre, afinal pássaros representam (entre outras coisas) a liberdade. A partir disso eu tive a ideia de comprar umas gaiolinhas para compor o enfeite das mesas dos convidados do “chá”. Claro, deixei as gaiolas abertas com os passarinhos descansando felizes do lado de fora, afinal são livres. Não ficou muito fofo??? Ownnnn…

3)A terceira coisa que me deu vontade de compartilhar com vocês é o que eu penso a respeito da LIBERDADE. O que vem à sua cabeça quando você pensa nisso? Eu gostaria muito de saber sua opinião.

Bom, pra mim LIBERDADE é assim: eu acho que pra começo de conversa liberdade é diferente de libertinagem, o que aliás gera bastante confusão por aí. Ser livre nem sempre é fazer tudo o que se quer, mas é ser livre pra saber fazer escolhas. Não é simplesmente ter o poder de ir e vir, mas saber o porquê de se movimentar.

Na verdade, a liberdade não está em se TER LIBERDADE, ou em conquistá-la, mas em SER. E eu SOU livre apenas quando eu tenho o encontro com o EU SOU… e o EU SOU tem outros nomes, e um deles é DEUS.

Ou seja, eu só sou livre, quando eu me descubro, e só me descubro quando eu descubro Deus! E descobrir é igual a desvendar, tirar as máscaras, e cada vez que você tira suas máscaras, mais liberdade pra você!

 

Então, garota, seja livre! O que você acha disso?

Lançamento: ESPAÇO e PRODUTOS GAROTA LIVRE

Eiiii genteee! Esse fim de semana tem sido tão especial que as palavras de agradecimento não cabem nesse post, nem no Facebook, e nem no Instagram do Garota Livre, onde venho tentando manter vocês por dentro de tudo. E não é que depois de eu me formar na sexta-feira (19-05) em três cursos (uma hora conto pra vcs os detalhes), me vi realizando um grande sonho no sábado? Deixa eu contar…

formatura1

… Então… sábado (20-05), bem no dia seguinte das emoções da formatura (foto acima), eu recebi convidados muito amados para um “chá” com muitos quitutes e uma decoração fofa… tudo preparado por mim com muito carinho. E por que isso?


Porque era preciso festejar o lançamento do ESPAÇO GAROTA LIVRE, um canto acolhedor em Belo Horizonte onde realizaremos os ENCONTROS GAROTA LIVRE. E pensa que parou por aí? Nãoooo! Era preciso celebrar também o lançamento da nossa marca de produtos que, ao serem vendidos, terão a renda revertida para as ações do Garota Livre. Depois eu mostro as fotos pra vocês, tanto do espaço quanto dos produtos 🙂

Agora o mais importante pra mim é que todas vocês entendam um pouquinho mais sobre o que é o Garota Livre e também sobre a importância de manter esse projeto vivo. Pois então, o Garota Livre é um blog que caminha junto com algumas ações que têm o objetivo de reunir mulheres em torno do propósito de serem melhores consigo mesmas… de se descobrirem capazes de vencer seus medos… de se reconhecerem maravilhosas, de enxergarem seu valor perante Deus, e de ajudarem outras mulheres a sentirem o mesmo.

dupla
E onde essas ações que contei acima se articulam? Principalmente nos Encontros Garota Livre (EGL), que até então aconteciam em qualquer lugar: na rua, na casa de alguém, num salão, etc. E a grande notícia é que tudo mudou, porque agora nós temos um “espaço” do Garota Livre, um endereço em BH num local muito acolhedor onde iremos realizar os EGL.

Essa foi a grande novidade deste fim de semana: o lançamento do Espaço Garota Livre e dos produtos que iremos comercializar para ajudar a custear os gastos, inclusive de aluguel!! Eita que é muuuuiiittooo gasto, gente!! rs

IMG_7937
Eu só sei que é inacreditável o quanto esse espaço vai nos ajudar a seguir com os Encontros! Isso significa que vamos conseguir conectar mais mulheres… mulheres que irão se ajudar, trocar experiências, ouvir a palavra de Deus, orar, cantar, e desabafar num ambiente de amor, cumplicidade e descontração.

E eu conto com VOCÊ, minha amiga garota livre, para me ajudar a tocar esse projeto. E como você pode fazer isso? Me ajudando a divulgá-lo, fazendo com que ele alcance cada vez mais mulheres. E se for possível ajudar com a aquisição dos nossos produtos, melhor ainda… rs… Enfim, o que a gente precisa é engrossar a rede de amor que nos une.

Vamos nessa, juntas?

 

Preciso da sua mão na minha!

Ansiedade. Medo. Pânico. Desespero.

Pensa numa pessoa que está prestes a realizar um sonho e talvez por isso mesmo, está tremendo na base? rsrsrs Pois é, gente.Eu ando realizando tantas coisas importantes na minha vida… mas não pense que foi sempre assim.Quantas vezes eu “empaquei” e não saí do lugar? Quantas vezes eu comecei e não terminei? Quantas vezes eu desisti antes da hora? Mas graças ao Pai, agora é diferente. Eu comecei e concluí. E é sobre isso que vou falar com vocês NESTE sábado, dia 20. Sobre um grande passo que vou dar e lógicooooo que vou levar vocês junto comigo. Mas como é surpresa aguenta aí que no sábado eu conto.

Promete que você vai torcer por mim, mesmo sem saber, agora, do que se trata?

Fica do meu lado, fica? Eu preciso de você segurando na minha mão, minha querida amiga garota livre!

2014-08-31 02.19.25

Meu ex e caquinhos

Você já se sentiu como um caco de vidro? Meio clichê isso né?!

copo

Mas é verdade, é como se você fosse feita de vidro, e qualquer um pode te quebrar. Será que isso é coisa de mulher?

Hoje não estou me sentindo assim, mas já me senti muito.

Tive um relacionamento onde machuquei (na época não sabia) e fui muito, mas muito machucada.

Eu era bem mais nova, e achava que ele era o homem da minha vida, ele foi meu primeiro beijo, que foi aos 13 anos :0 , mas terminamos esse relacionamento de 2 semanas rsrsrsrs e nos reencontramos aos 15 anos, quando eu estava perdidamente apaixonada por ele, e assumimos um namoro, mas pelo visto ele não estava tão a fim assim de mim, porque ele estava namorando mais 2 meninas ao mesmo tempo, pois é acreditem rsrsrsr, hoje eu dou risada, mas sofri muito na época. Terminamos óbvio.

Mas aiiiiii, rsrrsrsrs lá pelos 18 anos, ele mandou um e-mail pra minha mãe dizendo que sentia muito por tudo, e que estava frequentando uma igreja, a mesma religião que na época eu frequentava. Dias depois, nos encontramos por acaso na rua, e fomos comer uma pizza, foi re-amor a re – re primeira vista. Pensei, ele está diferente, eu estou diferente. Agora vai.

E foi o relacionamento mais conturbado da minha vida, separamos e voltamos umas 500 vezes durante 3 anos, por fim ele me traiu. E hoje mais madura eu sei que errei muitoooooooo também, que tenho até dó.

Mas resumi toda essa história dramática pra falar o quanto somos seres frágeis, se não estamos fortes, ahhhhh oooooo… é serio! Kkkkk Eu não estava preparada e ele também não, éramos como vasos de vidro(vivo falando disso aqui no blog né?! De que temos que estar prontos). Não que eu ache que um dia estaremos 100% prontas, mas não de vidro. Que qualquer tombo quebra, e vira caco. Porque imagina você, o tanto que sofri, fui virando caquinhos, e caquinhos.Até consertar isso, minha filha, dá um trabalhão, e aí o próximo rapaz, coitado né,pega uma remenda. Por isso, hoje oro pra Deus me fazer novinha em folha. Te convido a fazer a mesma oração, um vaso novo!

Bermuda da tia não

Nós temos essa impressão de que bermuda é coisa de tia, mas vou provar pra você que tem como usá-las e ficar sua estilosa.

Acredite!

16aca6968d4c5efaab9daa2331a2e772 46af22bca1eaf6ad26961d2ef0005445 54cd9037bd519a581f452b59192e5047 63ebc9ccf6d2a3c09e2aa61c1bbebf04 12459145dbc94a59044e6705df6c5b9a b7f5be87ee94596e04e4d23de8a01cfa dc6cab00397af9dca9af76a2da3c38ed

Gostaram?

1 2 3 4